Palavras jogadas ao vento. Promessas sumindo na escuridão. Me poupe das suas mentiras, eu não vou cair mais nessa sua ladainha que está sentindo minha falta. Cansei de correr atrás de você, cansei de me importar por uma pessoas que nem se quer sabe como estou. Cansei de chorar de madrugada ao ouvir uma musica e lembrar de você. Cansei de me importar demais, sentir demais, chorar demais. Quero que você suma da minha vida. Aliás, suma dos meus pensamentos, por que da minha vida você já fez questão de se distanciar. Tenho saudades sim, mas tenho que ter amor próprio e tentar sem feliz sem ter você do meu lado. Preciso seguir em frente e deixar o passado para trás. Irei lembrar só dos momentos bons que tive com você, e jogar fora os ruins. Adeus, você me perdeu.

Quem inventou o amor? Explica por favor.
Legião Urbana   

Ando com uma vontade tão grande de receber todos os afetos, todos os carinhos, todas as atenções. Quero colo, quero beijo, quero cafuné, abraço apertado, mensagem na madrugada, quero flores, quero doces, quero música, vento, cheiros, quero parar de me doar e começar a receber. Sabe, eu acho que não sei fechar ciclos, colocar pontos finais. Comigo são sempre vírgulas, aspas, reticências. Eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou… e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos. E vou dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros tem para me dar.
— Caio Fernando Abreu

Reblog se você também pegou o costume de falar “vish”


Não gosto de falar quando estou mal, sempre vou parecer forte mesmo se tudo estiver desmoronando. Não gosto de falar o que estou sentindo, mas ultimamente nem eu mesmo sei o que estou sentindo. (SL)


Você foi a pessoa que me mostrou o que é amar, me fez feliz. Eu sei que não passamos muita coisas juntos, mas nesse pouco tempo tenho muitas coisas pra dizer.

                                             antes de mudar.

Era um novo ano, na mesma escola, esperando encontrar novas pessoas. Meu primo ia estudar na mesma escola que eu esse ano.

No começo não vi nenhuma pessoa interessante, até que depois de 2 meses entra uma nova aluna. Quando eu a vi, eu senti uma coisa a mais, me senti alegre do nada, eu tinha que falar com ela. Mas na época eu era muito envergonhado e isso fez com que deixasse de ir la. Então se passou 1 mês, meu primo fez amizade com ela e eu fui me aproximando, comecei a conversar com ela, fui fazendo amizade, isso me fez tão bem… Mesmo não podendo beija-la, só de conversar com ela já me fazia bem. Ela gostava de Restart e eu nem sabia o que era, fui começando a gostar de restart por causa dela, aprendi as musicas só pra poder cantar com ela e assim poder ficar mais perto dela. Teve um dia que estávamos saindo da escola e fui deixa-la na parada de ônibus, esperei o ônibus com ela… Antes que ela entrasse no ônibus, ela se aproximou e me deu um “selinho”. Depois disso eu me apaixonei mais e a vontade de tê-la ao meu lado ia aumentando. Eu não queria só ser seu amigo. Foi então que um dia acordei e minha mãe me disse que íamos nos mudar de cidade, eu não acreditei… Eu não quis falar pra ninguém que ia mudar, só meu primo sabia. Eu não queria despedidas - não gosto de despedidas. Foi então que tinha só mais uma semana no colégio, uma unica semana do lado dela. Me lembro que meu ultimo dia da escola foi dia 04/06/2010. Não aguentei ir embora sem me despedir, contei pra ela que ia me mudar, ela se sentiu mal e chorou, eu também chorei. Vários amigos chegaram pra saber o que estava acontecendo, então eu disse que aquele era o ultimo dia naquela escola. Me lembro que disse pra leticia uma parte da musica do restart que ela gostava. “Eu vou te esperar, aonde quer que eu vá, aonde quer que eu vá, te levo comigo.” Fui pra casa e ajudei minha mãe com a mudança, me mudei no dia seguinte. Pedi para meu primo entregar um colar para letícia e deixei uma carta que contem algumas dessas palavras.

“leticia, estou me mudando mas te levarei comigo, você foi muito importante pra mim, o que sinto por você é muito grande, Eu te amo.”

                                             cidade nova.

Me mudei, mas a letícia ainda estava comigo… eu pensava nela toda hora, se passou 2 semanas e eu pude Vê-la pela WebCam. ela estava com meu colar, e ela estava linda como sempre, as minhas lagrimas estavam caindo mas antes disso acontecer rapidamente desliguei a web para ela não me ver chorando. No outro dia, eu a vi de novo, eu me sentia feliz só em poder ver ela pela tela de um computador, eu tinha que vê-la de novo. O tempo se passando e eu não conseguia esquece-la, foi então que se passaram 5 meses… Perto do dia do meu aniversario, meu pai e minha mãe perguntaram o que eu queria, eles perguntaram se eu queria um novo computador, um novo celular, roupas e outros bens.. Eu só disse que queria poder ter mais um dia em Goiânia, para poder ver as pessoas que eu gosto. Eles acharam que eu estava brincando rsrs mas ai falei de novo. 

Foi então que se passou meu aniversario (01/12/2010) e não fui la em Goiânia, meu pai chegou até mim e disse que talvez não poderia me levar por causa do trabalho… Mas eu pedi pra ele e disse o motivo. É, acho que ele entendeu o por que.

                                             O dia perfeito.

Então chegou o dia 06/12/2010 acordei cedo, tomei um banho, me arrumei e fiquei pronto esperando meus pais. quando foi la pelas 10:00 hrs saímos da cidade que moramos, mas tivemos que passar em um lugar antes e achei que não iria chegar a tempo. Eu queria chegar em Goiânia exatamente as 13:10 , o horário que eles entram no colégio. no caminho achei que não iria chegar a tempo, pedi para meu pai ir mais rápido, ele foi. chegamos la exatamente as 13:15 então sai do carro e a primeira pessoa que vi foi meu melhor amigo, corri para abraça-lo foi um dia perfeito. Eu estava la, esperando ela chegar… eu sentado no banco dentro da escola olhando para o portão esperando-a chegar. quando vejo, ela estava la, vindo em minha direção, eu não aguentei corri ate os braços dela, eu cheguei e disse “estou aqui, eu falei que viria, eu te amo” ela olhou pra mim e disse “estava esperando por isso, eu também te amo”.

Depois disso, a escola dela estava indo para um passei, indo para o cinema, sabe o que eu fiz? invadi o ônibus que estavam levando eles, entrei sem pagar no cinema só pra ficar do lado dela, chegando la no escuro eu disse pra ela de novo “eu te amo” e dei um beijo nela, o nosso primeiro beijo, foi perfeito. O beijo dela é tão bom, o abraço dela é o melhor. Depois disso eu comecei a fazer palhaçada no cinema, briguei com um cara mais velho, ele me agrediu e tal. (ainda bem que o guardinha do cinema veio se não eu estava morto) rsrsrs. Eles queriam me levar para a delegacia por que o homem rasgou minha camisa e arranhou meu pescoço… Eu disse para o policial que não precisava e sai. depois eu e ela fomos andar, ficamos abraçados e se beijando o dia todo, falando coisas bonitas e imaginando o futuro… Foi então que meu pai me ligou e disse que estava vindo me buscar. Mais outra despedida, eu la indo embora de novo e deixando-a.

Depois desse dia se passaram mais alguns meses e eu ainda continuava amando-a e ela dizia que me amava. hoje? nem nos falamos mais, não tenho noticias dela, mas só quero que ela saiba que ela foi a menina que mais amei ate hoje, ela me ensinou o que é amar. 

Então se você gosta de alguém que mora em outro lugar, lute por ela, faça tudo o que puder para vê-la, acredite que um dia vocês irão se ver. 

(realidadesdeummenino)